Águas para os Jogos de Tóquio com níveis excessivos de bactérias

  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Os organizadores dos Jogos Olímpicos Tóquio2020 anunciaram esta quarta-feira que detetaram níveis excessivos de bactérias na água que acolherá as provas de natação ao ar livre e que já estão a ser tomadas medidas para a resolução do problema.

As amostras recolhidas à água da marina de Odaiba e da baía de Tóquio, onde decorrerão as provas de águas abertas e de triatlo, revelaram a existência de níveis elevados de bactérias coliformes, entre as quais E.coli, acima das fixadas pelas federações internacionais de ambas as modalidades.

“Os níveis não são os adequados, pelo que esperamos que as entidades locais e a organização tomem medidas para que as competições e a saúde dos atletas não sejam comprometidas”, disse em conferência de imprensa o presidente da Comissão de Coordenação do COI para 2020, o australiano John Coates.

Os organizadores de Tóquio2020 consideram que o nível excessivo de bactérias está relacionado com a precipitação recorde do último mês, que afetou o fluxo de águas residuais dentro da baía.

Comentários