Diana Durães quinta nos 400 livres com novo recorde, Alexis Santos bate máximo dos 50 costas

  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Diana Durães foi este domingo quinta classificada na final nos 400 livres no Europeu de Copenhaga com novo recorde nacional, ao registar a marca de 4.04,61, melhorando o seu anterior máximo nacional (4.05,38) fixado a 2 de agosto na Taça do Mundo em Moscovo.

“Estou em boa forma e o objetivo era bater o recorde nacional. Fiquei muito feliz por o ter conseguido. Sabia que se o conseguisse também poderia fazer uma boa classificação. Durante a prova tinha como referencial o terceiro lugar o que me motivou ainda mais. Este quinto lugar, a minha melhor classificação em campeonatos, é resultado do trabalho que tenho vindo a desenvolver. Tenho trabalhado muito para isto. Nunca vou para um treino para ser mais um. Este resultado é mais um degrau que subi na minha carreira e tudo farei para que degrau a degrau irei chegar ao topo”, afirmou a nadadora do Benfica em declarações ao site da FPN.

O pódio foi ocupado pela húngara Boglarka Kapas (3.58,15), a alemã Sarah Koehler (3.59,12) e pela lituana Julia Hassler (4.02,23).

Por sua vez, Alexis Santos bateu o recorde nacional na meia final dos 50 costas com 23,86, superando o seu anterior registo de 23,90 de 11 de dezembro de 2015. O português foi 14.º. O acesso à final fechou nos 23,74.

“Este era um recorde que ambicionava e consegui no último dia do Europeu. Venho para os campeonatos sempre para me superar e claro que queria sempre mais, mas infelizmente não foi possível. Termino os Europeus com dois recordes num Europeu que não pude preparar alguns pormenores importantes tendo em conta a recuperação de um ombro. Vou continuar a trabalhar e pelo menos até 2020 o objetivo é sempre a superação, referiu Alexis Santos em declarações ao site da FPN.

Resultados

Comentários