Miguel Nascimento e Rita Frischknecht batem recordes absolutos no arranque dos Nacionais

  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Miguel Nascimento (Benfica) e Rita Frischknecht (Algés e Dafundo) estabeleceram esta sexta-feira novos recordes nacionais absolutos na primeira jornada dos Campeonatos Nacionais de Juniores e Seniores que estão a decorrer na piscina do Fluvial Portuense.

Miguel Nascimento bateu o recorde nacional absoluto dos 800 livres com 7.46,18, superando o anterior máximo de 7,49,89 que pertencia a Rafael Gil desde 2015, enquanto Rita Frischknecht fixou novo máximo absoluto nos 200 costas com 2.09,12, abaixo dos 2.10,55 que lhe pertencia junho deste ano.

Por sua vez, Angélica André (Fluvial Portuense) bateu o recorde nacional sénior dos 1500 livres 16.18,04, superando os 16.22,79 que estavam na sua posse desde 2015 no Porto. O máximo absoluto pertence a Tamila Holub com 16.11,67 também a 11 de dezembro de 2015.

Já Ana Sousa (Litoral Alentejano) fixou novo recorde nacional de juniores 16 anos nos 100 livres com 56,72, superando o anterior máximo de 56,78 que pertencia a Maria Rosa desde 2009.

A equipa do Benfica (Daniel Catalão, Rafael Aires, Miguel Marques e Filipe Santo) bateu o recorde nacional de juniores dos 4×50 livres com 1.35,32, abaixo dos 1.35,76 do FC Porto desde 2006.

Também o Sporting de Braga (José Lopes, Rafael Simões, Jorge Silva e João Pereira) fixou novo máximo júnior nos 4×100 estilos com 3.50,30, abaixo dos 3.51,87 da SFUAP desde 2000.

Foram ainda batidos quatro recordes nacionais absolutos de natação adaptada. Tiago Neves (Belenenses), em S15, nos 50 livres (26,46), 100 livres (55,10) e 50 mariposa (27,01) e Gino Caetano (Galitos) nos 100 livres (55,89).

Resultados

Créditos da foto: Facebook LF Nunes

Comentários