Nadador espanhol cumpre minuto de silêncio sozinho (com vídeo)

  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Fernando Álvarez, nadador espanhol que está a participar no Campeonato do Mundo em Masters, em Budapeste (Hungria), pediu à organização da prova para que fosse respeitado um minuto de silêncio em memória das vítimas do atentado de Barcelona. O pedido foi negado mas atleta do CN Cádiz acabou por cumprir a homenagem sozinho.

Depois de a organização lhe ter dito que “não se pode perder nem um minuto”, o atleta espanhol optou por ficar um minuto em silêncio em cima da prancha, enquanto os restantes nadadores disputavam a prova de 200 bruços.

A nadar no escalão dos 70-74 anos, Fernando Álvarez manteve-se imóvel em cima da prancha durante um minuto e só depois mergulhou, acabando por não lhe ser atribuído tempo de prova.

Em declarações ao jornal “El Español”, o nadador master revela ter contactado a direção da competição mas perante a resposta negativa decidiu manter a sua decisão: “Fiquei quieto, como quando diziam “firme” na tropa. E assim fiquei. Saí um minuto depois. Mas para mim é igual, estava a senti-lo mais do que se ganhasse todos os ouros do mundo”, afirmou.

Comentários