Ouro para Mário Carvalho e bronze para Adriano Niz

  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Mário Carvalho conquistou, esta terça-feira, o título de campeão do mundo nos 200 costas, no escalão 35-39 anos, durante o Campeonato do Mundo de Masters, que se está a realizar em Budapeste (Hungria). Adriano Niz arrebatou a medalha de bronze na mesma prova, no escalão 30-34 anos.

Mário Carvalho, atleta do FC Porto, nadou a prova em 2.16,11 e venceu a primeira medalha de ouro para Portugal nesta edição do Campeonato do Mundo. O antigo atleta olímpico registou um novo recorde nacional da categoria, superando o máximo de 2.18,69, que o próprio alcançou em Famalicão, no passado mês de julho.

Adriano Niz, do Famalicão, arrecadou o bronze no escalão de 30-34 anos, com um registo de 2.09,20, naquele que foi o seu primeiro dia de competição.

Na mesma distância mas integrado no escalão 25-29 anos, Diogo Paulino, do Clube de Natação de Alcobaça, foi sétimo classificado, ao concluir a prova em 2.18,08.

No grupo etário dos 40-44 anos, Abel Martins, do Grupo De Amigos da Natação, foi 11.º (2.28,37) e bateu o recorde nacional que estava na posse de Jorge Eduardo Faria, desde 2008 (2.31,23). Nuno Rogeiro Santos, atleta da Gesloures, foi 15.º classificado (2.29,64).

No setor feminino, destaque para o sétimo lugar de Luísa Bessone Basto nos 100 bruços (1.50,98). A nadar no escalão de 70-74 anos, a atleta do Algés baixou de forma significativa o próprio recorde nacional de 1.57,67, registado em 2015.

No escalão acima (75-79), Isabel Raimundo, também do Algés, foi 11.ª classificada (2.20,79) e Isabel Figueira, nadadora do Louletano Desportos Clube, alcançou o quinto lugar (1.17,59) no escalão 35-39 anos.

Resultados

Créditos da foto: FC Porto

 

 

Comentários