Tamila Holub tem mínimos A no feminino para os Jogos de Tóquio-2020

  •  
  •  
  •  
  •   
  •  

Se no lado masculino Alexis Santos (Sporting) é o único com mínimos A para os Jogos Olímpicos de Tóquio, no lado feminino Tamila Holub (Sp. Braga) é a única nadadora portuguesa que estaria neste momento em condições de participar nas olimpíadas de 2020.

A tabela de índices da FINA foi divulgada esta terça-feira. As marcas apenas começam a serem validadas a partir de 10 de março de 2019 até 21 de junho de 2020, estando os mínimos ainda dependentes da aprovação do Bureau da FINA na reunião de dezembro deste ano, que se vai realizar na China.

Tendo como referência as marcas obtidas a partir do novo ciclo olímpico, a atleta orientada por Luís Cameira tem em sua posse 16.24,05 (julho de 2017), abaixo dos 16.32,04 exigidos pelas FINA.

Vários nadadores portugueses têm mínimos B.

Apenas as competições oficializadas pela FINA são reconhecidas como válidas para obtenção de mínimos, que têm como referência o 14.º tempo das eliminatórias dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro-2016.

O número de vagas é de 878, menos 22 do que o acesso aos Jogos de 2016.

Clique aqui para ver as regras e tabela de mínimos, documento partilhado pelo Best Swimming

32082905_1831514140242826_4806757201014161408_n

 

Comentários